Existe uma regra básica que muitos autores definem com a regra número 1 da riqueza. Essa regra sobre “Como Ficar Rico” é seguida por milionários de todo mundo e ignorada pela maioria das pessoas.

Regra número 1 da riqueza: “Renda ilimitada”

A riqueza que estamos falando tem relação com a quantidade de capital e patrimônio que você conseguirá acumular ao longo da vida. Sua riqueza financeira é o que sobra da sua renda depois de pagar todas as contas.

Se a sua renda é pequena e limitada, você terá um padrão de vida pequeno e limitado.

Dificilmente terá margem para acumular riqueza durante a vida se não fizer nada para evitar estas limitações.

Se você tem um emprego, isso significa que a sua renda é limitada de duas maneiras:

Limitação 1: o seu tempo tem limite

Se você trabalha para os outros, você é remunerado por tempo trabalhado. Você vende aquilo que sabe fazer durante 8 horas por dia, 44 horas por semana ou 220 horas por mês. Como você só tem 24 horas por dia, não é possível fazer milagres. O tempo que você tem para vender é limitado.

Mesmo se você quisesse vender mais horas para ganhar mais, as leis trabalhistas “penalizam” as empresas que querem comprar mais do seu tempo. Sua hora de trabalho adicional (hora extra) custa 50% mais caro se forem horas entre a segunda e o sábado e 100% mais caras se forem horas nos domingos ou feriados. É claro que isso tira a motivação de qualquer empresário que queira comprar mais de suas horas.

Mesmo que as empresas aceitassem pagar mais caro por hora extra, a lei impede que você venda mais do que 2 horas extras por dia para seu empregador. Muitas vezes as empresas preferem comprar o tempo de outras pessoas do que comprar mais do seu tempo, limitando ainda mais sua capacidade de aumentar sua renda vendendo sua força de trabalho. A quantidade de horas limitadas que você tem para vender é um limitador da sua riqueza.

Limitação 2: o preço do seu tempo tem limite

Você já pensou sobre qual é o valor máximo que o seu empregador estaria disposto a pagar por uma hora do seu trabalho? Quanto seria esse teto? O que aconteceria se você resolvesse pedir um aumento de 100% do seu salário?

Mesmo que você investisse na sua qualificação para se tornar o melhor profissional na sua área, sempre existirá um valor máximo para a sua hora trabalhada.

Quando o preço do seu trabalho passa deste teto ele se torna economicamente inviável para as empresas. O preço da sua hora trabalhada é um limitador da sua construção de riqueza.

Renda ilimitada:

Você não encontrará nenhum assalariado nas listas das pessoas mais ricas do Brasil e do mundo. Visitando a página da Forbes é possível constatar isso.  (clique aqui ). Você verá que todos os bilionários possuem uma coisa em comum. Todos eles possuem uma renda ilimitada. Não estão limitados pelas 24 horas que possuem e muito menos pelo preço da própria hora trabalhada.

Todos eles são empresários, administram negócios ou apenas investem em ações de grandes empresas estrangeiras. São sócios de negócios que unem o trabalho de milhares de pessoas em torno dos seus objetivos. São justamente eles que compram o tempo das pessoas oferecendo salário, férias, estabilidade e direitos trabalhistas que todos os trabalhadores assalariados sonham ter.

A renda destes empresários não possui limite. Uma empresa pode dobrar, triplicar ou quadruplicar seus lucros sem a necessidade dos seus sócios trabalharem duas, três ou quatro vezes mais.

As empresas podem contratar quantas pessoas forem necessárias para realizar o trabalho que seus sócios sozinhos seria incapazes de fazer devido ao seu limitado tempo (todos nós temos só 24 horas por dia). Quando você trabalha para alguém, você é remunerado para dedicar seu tempo para realizar os sonhos e objetivos financeiros de quem está comprando o seu tempo, oferecendo salário e direitos trabalhistas.

Trabalhadores ilimitados

Talvez o único limite para a renda destes empregadores esteja a falta de mão de obra qualificada.

Existe um momento onde as empresas deixam de crescer na velocidade desejada por falta de profissionais qualificados. Grandes empresas precisam investir na formação de novos trabalhadores para continuar crescendo.

No futuro, não muito distante, essa limitação deixará de existir em todas as atividades que puderem ser substituídas por máquinas inteligentes.

Assista o vídeo abaixo. A empresa que desenvolve esses robôs é a Boston Dynamics que pertence ao Google. É muito provável que máquinas deste tipo possam ser compradas em qualquer loja de eletrodomésticos no futuro. Você poderá instalar aplicativos nestas máquinas para que possam realizar qualquer tarefa, com a mesma facilidade com que você instala aplicativos no seu smartphone. Provavelmente as empresas vão pagar pequenas mensalidades para alugar essas máquinas e alugar os seus softwares de inteligência. As máquinas vão trabalhar 24h por dia, 7 dias por semana, sem direitos trabalhistas, sem férias ou qualquer outro benefício.

 


 

Quando isto acontecer, nem mesmo a limitação gerada pela falta de mão de obra será um limitador para empreendedores de todo o mundo. Muitas profissões serão extintas e as pessoas que vendem tempo em troca de salário terão que voltar para a sala de aula com o objetivo de adquirir novos conhecimentos e desenvolver novas habilidades que ainda não sejam dominadas pelas máquinas.

Felizmente nos dias de hoje é possível para qualquer pessoa se tornar sócia de empresas que estão desenvolvendo essas tecnologias ou empresas brasileiras ou estrangeiras que vão se beneficiar quando esse desenvolvimento tecnológico se popularizar. Através da bolsa de valores podemos comprar ações de qualquer grande empresa.

Regra número 2: Nova Educação

Se você já tem um negócio próprio e ainda não conseguiu faturar pelo menos R$ 1 milhão por ano, você está diante de uma outra limitação. Você deve concordar que se você soubesse o que precisa ser feito para sua empresa faturar R$ 1 milhão, R$ 10 milhões ou R$ 100 milhões por ano, você certamente já teria feito.

Você fatura pouco por não saber o que deve ser feito para faturar muito.

O que limita seu crescimento está dentro de você. São conhecimentos e habilidades que você ainda não desenvolveu e que são fundamentais para o sucesso do seu empreendimento. Tudo que você ainda não aprendeu limita seus ganhos. A falta de conhecimento é o que separa pequenos empresários, que sempre serão pequenos, e pequenos empresários que irão crescer e prosperar financeiramente. O mesmo podemos dizer dos investidores. A diferença entre o pequeno e o grande investidor está na dedicação que cada um aplicou nos estudos.

Muitas vezes o que falta é uma mudança de mentalidade. Trocar pensamentos pequenos por pensamentos grandes.

Você não pode parar de aprender, estudar, buscar soluções para tornar sua empresa cada vez melhor. Para desenvolver produtos de alta qualidade é necessário estudo. Para aumentar o número de clientes e seus índices de satisfação é necessário estudo. Para manter seus funcionários motivados, produtivos e comprometidos é necessário estudo. Para expandir sua capacidade de gestão e liderança é necessário estudo. Você precisa ser mais criativo, precisa buscar a inovação, precisa ter iniciativa e motivação. Veremos que nada disso foi estimulado na escola. As limitações de um pequeno empresário ou de um pequeno investidor estão nas suas limitações internas. Dificuldades e limitações externas podem ser contornadas adquirindo o conhecimento necessário para superar essas dificuldades.

O desenvolvimento de máquinas capazes de trabalhar 24 horas por dia, sem receber nenhuma remuneração e sem qualquer direito trabalhista é uma questão de tempo. Existe uma verdadeira corrida mundial pelo desenvolvimento de máquinas que realizam trabalhos humanos de forma inteligente. É um processo sem volta e revolucionário para as antigas relações do trabalho. Teremos cada vez menos empregos e cada vez mais oportunidades para empreender e investir em grandes empresas.

Se você é um empregado, jovem e acredita que a sua profissão está estável e que você não precisa mais aprender nada, tenha cuidado pois esse raciocínio é uma grande armadilha que irá comprometer sua vida financeira no futuro.

Nenhuma profissão nos dias de hoje é totalmente estável com base nos conhecimentos que adquiriu até ontem. Você está condenado a continuar aprendendo cada vez mais para se adaptar em um mundo que muda de maneira acelerada.

Se alguma máquina, um dia for capaz de realizar o trabalho que você realiza, é necessário que você esteja pronto para superar esta máquina.

Se você acredita que o seu emprego limita seu potencial de crescimento, então pode ser o momento de refletir sobre a possibilidade de ter o seu próprio negócio no futuro para acabar com as limitações que o emprego e a venda do tempo impõe a todos que trabalham vendendo tempo por dinheiro.

Para muitos a vida como empregado é apenas uma fase de acumulação de capital necessária para um dia poder empreender ou investir em empresas que já existe.

Para outros o emprego que possuem é satisfatório e não existe motivação para empreender ou investir. Cada pessoa tem sua própria realidade que precisa ser respeitada. O importante é entender que as consequências reais do que pensamos e fazemos não nos respeitam. Elas simplesmente se impõem.

Escola: Fábrica de pessoas limitadas

Infelizmente, faz parte da nossa cultura e educação acreditar que o cidadão comum depende de um emprego público ou um bom emprego privado para conseguir estabilidade e prosperidade financeira. Se você pensa dessa forma, a culpa não é sua.

As escolas e universidades preparam as pessoas para se tornarem funcionários exemplares. Criatividade, liderança, inovação e livre iniciativa são características que as escolas tradicionais fazem questão de retirar do comportamento das crianças. Crianças geniais costumam ser classificadas como portadoras de algum transtorno. Hoje, quando a criança não se adapta ao sistema medieval das escolas, a culpa é da criança e não do Sistema.

Decorar, não questionar, executar tarefas repetitivas, seguir regras, cumprir prazos e respeitar os superiores é o que as escolas nos ensinam. É isso que o sistema espera das pessoas comuns que vendem sua força de trabalho. São exatamente estas as características mais apreciadas pelo mercado de trabalho tradicional. É esse tipo de trabalhador que será substituído por máquinas nas próximas décadas.

Para piorar a situação, uma parte da sociedade costuma “demonizar” o sucesso, a riqueza e o estilo de vida de empresários e os investidores. Transmitem a ideia de que as riquezas do mundo são limitadas e que para que uma pessoa seja rica a outra necessariamente precisa ser pobre. Também é como se a economia do mundo fosse baseada em uma economia medieval. Essa parte da sociedade não entende que as grandes fortunas do mundo de hoje foram construídas com base em grandes ideias que melhoraram a vida de todos. Se estou aqui na frente de um computador escrevendo esse artigo que será publicado na internet para ajudar milhares de pessoas, devo isso a pessoas que fizeram fortunas por grandes ideias nos setores de informática e internet. São merecidamente ricas por terem ajudado a melhorar a vida de muitos.

Esses avanços até podem ter prejudicado algumas pessoas que ficaram paradas no tempo, assim como os cocheiros (pessoas que dirigiam carruagens). Os cocheiros foram prejudicados quando os carros motorizados se popularizaram e substituíram as carruagens puxadas por cavalos.

Você só precisa ter o cuidado para não se tornar o próximo cocheiro. Para isso você nunca deve parar de aprender. Assim como alguém aprende a dirigir uma carruagem, também pode aprender a dirigir um carro, a usar a internet, a utilizar softwares, robôs e sistemas de inteligência artificial no futuro. Assim como alguém pode fundar uma empresa, também é possível aprender a investir em empresas que já existem através do mercado de ações. É só uma questão de estar aberto para aprender.

Ainda não existem máquinas criativas e capazes de inovar. Não existem máquinas capazes de motivar outras pessoas. Não existem máquinas que consigam fazer o papel de um líder ou de um grande empreendedor. Máquinas não podem empreender como os humanos aprendem. No futuro, só existirá espaço para pessoas capazes de fazer coisas que as máquinas não poderão fazer como a de se reinventar a cada dia. Você não é como uma máquina criada para apertar parafuso e que está condenada a apertar parafuso para o resto da vida. Você pode aprender qualquer coisa sempre que desejar fazer isso. Você pode se reinventar e ser o que resolver ser.

Conclusão:

Meu objetivo com este artigo não é criticar o seu estilo de vida. Meu objetivo é motivar uma reflexão sobre a maneira como você enxerga o mundo. Aqui no Clube dos Poupadores temos diversos artigo que ensinam sobre os principais investimentos. Você pode aprender a ganhar dinheiro com bancos sem trabalhar para os bancos. Você pode receber dinheiro do governo sem ser funcionário público. Você pode ser sócio de empresas brasileiras e sócio de empresas estrangeiras para receber lucros e ganhos de capital sem trabalhar. Se você ainda não tem um plano de independência financeira, começa lendo este livro aqui.

Livro recomendado: Independência Financeira (clique para conhecer). Conheça todos os nossos livros sobre investimentos visitando aqui.

Inscreva-se para receber nossos artigos por e-mail gratuitamente.