É comum a crença de que para enriquecer ou atingir uma prosperidade financeira acima da média é necessário trabalhar duro, trabalhar muito, sacrificando a saúde, os finais de semana, o lazer e o convívio com amigos e familiares.

Hoje quero falar sobre o erro que é acreditar que enriquecer tem relação com o trabalho duro, trabalho sofrido, trabalho durante uma enorme quantidade de horas sacrificando todas as áreas da vida.

As pessoas que enriquecem de forma honesta e justa não são aquelas que trabalham duro. São aquelas que trabalham de forma inteligente.

Clique na figura abaixo para assistir ao vídeo. Ele vale por 1000 palavras.


Todos os ciclistas estão pedalando exaustivamente. Fazem um enorme esforço por acreditarem que somente a força pode fazer a diferença entre ser o primeiro e o último.

Enquanto todos estão gastando energia fazendo força, um dos ciclistas colocou a cabeça para funcionar.

Um ciclista percebeu que a resistência do ar era maior que toda a força aplicada nas pedaladas. Ao deitar na bicicleta ele reduziu a área do próprio corpo que se chocava com o ar e mesmo sem pedalar ele conseguiu ser mais rápido já que estava em uma ladeira.

O trabalho inteligente produz mais riquezas por consumir menos esforço e tempo.

Imagine quantas pessoas estão focadas mo esforço quando poderiam colocar a cabeça para funcionar.

Todos podem pensar sobre como fazer mais utilizando menos tempo, menos recursos e menos força. Pensar não custa nada. É isso que cria a grande diferença entre as pessoas. O resto é desculpa. Enquanto umas pensam em soluções inteligentes, outras apenas fazem força ou em reclamar da força que está fazendo.

As profissões que exigem mais esforço costumam ser aquelas que remuneram menos enquanto as que exigem mais estudo e uso da inteligência são as que remuneram mais. É um fato e você deveria refletir sobre isso.

Os profissionais que desenvolvem a capacidade de planejar, liderar, comunicar, imaginar e buscar soluções para os problemas são os que recebem mais promoções e, gradativamente, passam a ocupar os melhores cargos nas empresas. Já os profissionais que só sabem “pedalar”, ficam onde estão, fazendo força, acreditando que é a força que produzirá algum resultado.

O profissional que só sabe “pedalar” é o que mais facilmente pode ser substituído, ou seja, demitido.

Ele é o primeiro a ser demitido quando a economia enfrenta uma crise e a empresa precisa reduzir suas operações. Ele é o primeiro a ser demitido quando novas máquinas e tecnologias são criadas. O profissional que só pedala são os que prosperam menos financeiramente.

Durante a sua vida você deve refletir sobre essa questão: “Como eu posso fazer essa atividade gastando menos tempo, consumindo menos recursos e fazendo menos esforço para obter o melhor resultado?

Leve essa reflexão para todas as atividades que você faz, até mesmo fora da sua vida profissional. Experimente refletir sobre isso nos próximos dias. Sempre que estiver diante de uma tarefa rotineira faça essa pergunta mágica para você mesmo(a) e deixe a sua cabeça funcionar gratuitamente.

Levantar as pernas e parar de pedalar, para vencer a resistência do ar, é uma solução inteligente. O problema é que “parar de pedalar” vai contra o senso comum. As pessoas podem estranhar. É necessário ter um pouco mais de conhecimento e flexibilidade para concluir que o invisível (o atrito com o ar) sempre deve ser considerado.

Empresas privadas e públicas estão repletas de burocracias inúteis, falta de planejamento, retrabalho que poderia ser evitado, desperdícios de tempo, dinheiro e outros recursos desperdiçados.

Por trás de tudo isso sempre existem pessoas que estão fazendo um trabalho duro, mas que não estão colocando a parte mais nobre do corpo para funcionar que é a cabeça.

No mundo dos investimentos, quanto maior for o seu nível de conhecimento sobre os diversos investimentos que existem, mais inteligentes serão as suas decisões.

Assim como é importante para o esportista entender um pouco sobre as leis da natureza (exemplo: aerodinâmica), é importante para todo profissional entender um pouco sobre as leis do dinheiro.

Para atingir a prosperidade financeira, coloque a sua cabeça para funcionar. O enriquecimento depende mais do trabalho inteligente do que da força bruta.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior