O FXE é o maior ETF que investe em euros. O FXE acompanha as mesmas variações do preço euro em relação ao dólar americano.


O euro é a segunda moeda mais negociada na mundo, respondendo por aproximadamente 19% da global transações de câmbio.

O euro é a moeda dos 17 países da União Europeia países. As notas e moedas de euro fazem parte de vida diária de mais de 327 milhões de pessoas que vivem na Zona do Euro.

O FXE também é conhecido pelo nome Invesco CurrencyShares Euro Trust e pode ser negociado por qualquer investidor brasileiro que tenha conta em uma corretora nos EUA. É a forma mais prática de investir em euro já que o ETF está lastreado em euros físicos em conta de depósito no JPMorgan que é o maior banco dos EUA e sétimo maior do mundo.

Características do investimento em ETF de euro:

  • É uma forma prática de proteger uma carteira contra oscilações cambiais, reduzindo assim o risco geral da carteira. É muito comum, embora não seja uma regra, que a desvalorização do dólar resulte em valorização do euro e vice-versa;
  • O investidor pode decidir investir no euro com o objetivo de obter ganhos em prazos mais curtos por acreditar que o dólar americano irá se enfraquecer em relação ao euro;
  • Os investidores podem obter a variação do euro sem recorrer a uma casa de câmbio. Os custos ao se investir em moedas físicas é maior do que o custo de se comprar ou vender um ETF;
  • Através de qualquer corretora que negocie ativos da NYSE será possível investir neste ETF.

Existem muitos fatores que impactam o valor do euro em relação ao dólar. Esses fatores envolvem a economia americana e da zona do euro. O investidor deve observar níveis de dívida nacional, déficit comercial, taxas de inflação, taxas de juros internas e externas, PIB e outros indicadores econômicos.

Leitura recomendada: livro Como Investir no Exterior. Conheça todos os nossos livros sobre investimentos visitando aqui.

Inscreva-se para receber nossos artigos por e-mail gratuitamente.