Use a calculadora online de rentabilidade real da poupança. Aprenda como calcular a rentabilidade real da caderneta de poupança. Entenda como funciona a calculadora logo abaixo.

Exemplo: no exemplo acima vamos imaginar que a rentabilidade anual da poupança será de 3% e a inflação esperada de 4,5%.  A ferramenta mostrará que a rentabilidade real, já com a inflação descontada será de negativa, ou seja, de -1,44%. Você poderia usar a ferramenta para calcular valores mensais. Leia o artigo completo para saber onde conseguir os dados atualizados sobre a poupança e a inflação.

Faça a conta certa:

Para descobrir a rentabilidade real precisamos descontar a inflação da remuneração da poupança que você recebe mensalmente. Muita gente acredita que basta subtrair a taxa de inflação da taxa de remuneração da poupança. Se você fizer isto o resultado estará incorreto. Se a poupança rendeu 6% ao ano e a inflação foi de 5% a rentabilidade real não será de 1%. A conta 6% – 5% não é 1%. O valor real seria 0,95% ou mais precisamente 0,9523%.

A fórmula para descobrir a taxa de juros real descontando a inflação é a seguinte:

Onde encontrar a remuneração da poupança

Você deve visitar o site do Banco Central (clicando aqui) para consultar taxa de “remuneração da poupança” ou se preferir pode visitar a tabela de remuneração da poupança aqui mesmo. Você encontrará uma tabela atualizada com a remuneração. Para entender como funciona leia primeiro meu artigo chamado “Rendimento da Poupança“. Você vai aprender que, na verdade, a poupança é remunerada de duas formas diferentes. A primeira é a TR (Taxa Referencial) que é variável. Esta taxa é calculada pelo Banco Central. Quando a taxa Selic está muito baixa a TR pode ser igual a zero. Ela sempre é igual ou maior que zero, nunca é negativa. Você pode transformar uma taxa mensal em taxa anual da poupança visitando aqui.

A outra remuneração é chamada de “remuneração adicional” sendo composta por uma taxa fixa de 0,5% ao mês quando a taxa Selic for superior a 8,5%. Quando a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% a poupança renderá 70% da taxa Selic. Isto permite que esta remuneração adicional fique abaixo de 0,5% ao mês. Esta regra é válida apenas para aquele dinheiro que você guardou na poupança no dia 04/05/2012 em diante. Para depósitos anteriores continua valendo os 0,5% fixos. Para saber qual é a remuneração total que devemos usar na fórmula basta olhar a coluna “Remuneração Total” na tabela “Depósitos a partir de 04.05.2012 (*)” se você pretende calcular a remuneração de valores depositados na poupança depois desta data. Se o objetivo é calcular a remuneração de depósitos anteriores consulte a coluna “Depósitos até 03.05.2012”. Para saber qual é a taxa Selic atual clique aqui. Você também encontrará a taxa Selic no site do Banco Central, veja aqui.

Você também pode descobrir qual foi a rentabilidade acumulada da poupança nos últimos 12 meses ou em qualquer período de tempo visitando essa calculadora aqui.

Onde encontrar a taxa de inflação

Todo mês o IBGE divulga um índice chamado IPCA que significa (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Este índice mede a inflação ou o quanto os preços dos produtos e serviços subiram no último mês. Existem vários índices que medem a variação de preços. O IPCA é o índice oficial de inflação usado pelo governo. Quando ocorre inflação o seu dinheiro perde poder de compra. O que você podia comprar com R$ 100 hoje, não poderá comprar no mês seguinte com os mesmos R$ 100. Podemos dizer que o dinheiro tende a valer menos com o tempo. Por este motivo, se você está com seu dinheiro guardado na poupança é importante saber se a remuneração recebida foi suficiente para não permitir que seu dinheiro perca valor.

Não temos como saber qual será a inflação no futuro, então podemos usar a inflação passada (acumulada nos últimos 12 meses) ou a inflação do mês passado.

Para saber o IPCA do mês passado visite o site a página do IBGE (clicando aqui). Você também pode acessar a inflação do último mês, a inflação dos últimos 12 meses e o gráfico da inflação visitando aqui. Temos vários gráficos sobre a inflação aqui.

Simulador da Caderneta de Poupança

Você pode simular suas aplicações na poupança utilizando o nosso simulador de poupança clicando aqui. Você pode informar a remuneração atual da poupança ou se preferir pode calcular a remuneração real já descontando a inflação. Também temos uma ferramenta online que permite saber quanto você teria hoje se tivesse investido na poupança no passado. Este simulador que corrige valores pela rentabilidade da poupança faz uso de dados históricos fornecidos pelo Banco Central.

Calcular sem usar fórmula

Vamos imaginar que você aplicou R$ 1000,00 na poupança no início do ano. No final do ano você verificou que a rentabilidade anual da poupança foi de 6,5% e a inflação no mesmo período foi de 5,0%. Se a rentabilidade foi de 6,5% então os seus R$ 1000,00 se transformaram em R$ 1065,00 já que 1000 x 6,5% = 65. Só que durante o ano estes R$ 1000,00 perderam 5% do seu valor que equivale a R$ 50,00 já que 1000 x 5% = 50. Podemos dizer que R$ 1050,00 no final do ano tem o mesmo valor ou poder de compra de  R$ 1000,00 no ano passado já que todos os preços subiram. Podemos afirmar que 1000 ontem é igual a 1050 hoje.

Na prática você só ganhou R$ 15,00 já que 65 – 50 = 15. Apesar de ter R$ 1065,00 na poupança o poder de compra só aumentou em R$ 15,00 por causa da inflação. Podemos agora fazer uma regra de três: Se R$ 1050,00 é 100%, qual percentual é R$ 15,00 ? Você encontra a resposta fazendo 15 / 1050 = 1,428%. Agora podemos dizer que a rentabilidade real foi de 1,428% e não 1,5% que podemos encontrar calculando 6,5 – 5,0 = 1,5. No longo prazo esta pequena diferença se torna importante.

Investimentos que ganham da poupança

Existem diversos investimentos de renda fixa pós-fixados que podem render bem mais que a poupança, principalmente quando existe um ciclo de alta de juros em andamento (alta da taxa Selic). Aprenda mais sobre como investir em CDB, LCI e LCA através deste livro aqui. Aprenda a investir em títulos públicos através deste outro livro. Tenha uma carteira equilibrada de investimentos, aprenda a montar e simular carteiras.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior