Quero mostrar para você um exemplo de como a inflação é capaz de destruir os ganhos que você acumulou investindo em ações com foco no longo prazo.

Vamos imaginar que você realizou um investimento que tem o mesmo desempenho do Índice Bovespa. Como você sabe, o Índice Bovespa é composto por uma carteira com dezenas de ações que estão entre as mais negociadas da bolsa.

Logo abaixo temos o gráfico mensal do Índice Bovespa (nominal, ou seja, sem descontar a inflação) entre janeiro de 2017 e 14/07/2022. A linha vermelha nos mostra que, neste período de 2022, o Índice Bovespa estava nos níveis de janeiro de 2019. A alta nominal no período foi de pouco mais de 60%. Mas o que acontece quando descontamos a inflação?

Quando indexamos o Índice Bovespa pela inflação (IPCA) temos o equivalente ao Índice Bovespa real, ou seja, já com a inflação descontada. Veja como ficou o gráfico agora:

A linha vermelha nos mostra que, com a inflação descontada, o Índice Bovespa está próximo dos níveis do final de 2017. Entre janeiro de 2017 e junho de 2022 a alta foi de pouco mais de 19% (real) e não de 60% (nominal). Uma taxa de 19% acumulada em 66 meses é o mesmo que uma taxa equivalente de 0,26% ao mês acima da inflação. Qualquer investimento que fosse capaz de pagar mais de 0,26% acima da inflação no período teria superado o Índice Bovespa.

O mesmo fenômeno ocorre no gráfico de qualquer ação que for indexada pela inflação. No caso eu utilizei a ferramenta do Profit, um software de análise técnica. A opção está no menu “Exibir” -> “Indexação de Ativo”, onde utilizei como indexador o RTIAP que é um índice atualizado pelo IPCA desde 2017.

Aqui no Clube dos Poupadores temos uma ferramenta para corrigir qualquer valor pela inflação, veja aqui. A inflação acumulada entre janeiro de 2017 e junho de 2022 foi de 35,18%.

Quando realizamos investimentos com foco no longo prazo é importante prestar atenção nos efeitos inflacionários. A inflação é a pior inimiga da sua vida financeira. Todas as medidas econômicas que resultem em mais inflação atentam contra o seu patrimônio, investimentos e economias realizadas durante a sua vida.

Vale destacar que os dividendos pagos pelas empresas que fazem parte no Índice Bovespa já fazem parte do próprio Índice Bovespa.

A ferramenta acima é a mesma que eu utilizo no meu livro sobre simular e montar carteiras de investimentos. Veja o desempenho do Índice Bovespa em comparação com um investimento qualquer que rende IPCA (inflação) + 6% e o próprio IPCA. Quando você aprofundar os seus estudos verá que, no longo prazo, é difícil superar o desempenho do IPCA + 6%, tornando esse tipo de investimento importante na sua carteira.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior