Neste artigo vamos conhecer todos os detalhes sobre o investimento no ETF de ações de tecnologia de (código TECK11) negociado na bolsa de valores brasileira, que investe em ações e ADRs de 10 grandes empresas de tecnologia listadas nas bolsas dos EUA.

São cinco empresas principais (Facebook, Amazon, Apple, Netflix, Google) outras cinco empresas (ou mais) podem mudar com o passar do tempo. No lançamento do ETF que ocorreu no dia 28/04/2021 essas cinco ações eram das empresas Alibaba, Baidu, Nvidia, Tesla e Twitter. Uma revisão da carteira ocorre trimestralmente em março, junho, setembro e dezembro após o fechamento da segunda sexta-feira do mês.

O gestor do TECK11 é o Itaú e o site oficial do ETF fica aqui.

Índice do TECK11

Todo ETF replica a carteira teórica de ações e outros ativos de algum índice. No caso do TECK11 o índice utilizado é o NYSE FANG+ da ICE (Intercontinental Exchange). A ICE é a empresa que opera a Bolsa de Nova Iorque (NYSE) e outras 11 bolsas de valores nos EUA e em outros países. O objetivo desse índice é selecionar algumas poucas e grandes ações de empresas dos setores de tecnologia e consumo discricionário. O site oficial do índice FANG+ é este aqui.

Ações e gráficos

No lançamento do ETF as ações e os pesos eram esses listados abaixo. Clicando no código da ação é possível acessar um gráfico para estudo do preço.

Código Ativo Participação no total da Cesta (%)
NVDA Nvidia Corp ON NM 11,3
GOOGL Alphabet Inc. ON NM 11,06
AMZN Amazon.com Inc. ON NM 10,69
AAPL  Apple Inc. ON NM 10,58
TSLA  Tesla Inc ON NM 10,08
FB Facebook Inc. ON NM 10,06
TWTR Twitter Inc ON NM 9,43
NFLX  Netflix Inc. ON NM 9,4
BABA Alibaba Group Holdin ON NM 9,38
BIDU Baidu Inc. ON NM 7,97

 

Você pode entender o peso de cada ação da seguinte forma: imagine que você tem R$ 100 investidos no TECK11. Como o peso da ação do Google (GOOGL) é de 11,06%, como mostra a tabela acima, seria como se R$ 11,06 dos seus R$ 100 estivessem investidos nesta ação. Veja que o peso de cada ação é parecido e por este motivo o valor investido estará bem dividido entre as 10 ações. Comprar um ETF equivale a comprar uma carteira de ações através de uma única operação de compra.

Taxas e impostos

A taxa administrativa é de 0,25% ao ano. Você não precisa fazer qualquer pagamento já que será descontado durante o ano do preço do ETF. Sempre que você vende um ETF com algum lucro deve pagar 15% desse lucro para o governo. O cálculo e o pagamento do DARF devem ser feitos pelo próprio investidor no final do mês seguinte depois da venda do ETF. Existem softwares que organizam seus investimentos na bolsa, calculam e geram o DARF para pagamento, como o que citei nesse artigo.

Para escapar da taxa de corretagem basta utilizar alguma corretora que não cobra essa taxa. Já a taxa da B3 é inevitável e será de 0,03% para cada compra ou venda do ETF. O valor é descontado da sua conta na corretora e está na nota de corretagem. Você pode consultar as tarifas da B3 atualizadas aqui.

Investimento direto

É possível investir diretamente nas ações que fazem parte do TECK11 através da abertura de uma conta em alguma corretora nos EUA, como mostro no livro sobre como investir no exterior. Já existem corretoras preparadas para atender brasileiros com plataforma e atendimento em português.

Ter um pouco do seu dinheiro fora do Brasil pode ser vantajoso em tempos difíceis. Outra vantagem é tributária. Você não pagará imposto sobre ganho de capital nos EUA e só pagará no Brasil ao vender suas ações no exterior com lucro caso essa venda no mês ultrapassar R$ 35 mil.

Um vantagem que existe quando investimos diretamente está na possibilidade de escolher onde queremos investir. Pode ser que você não goste da volatilidade excessiva ou mesmo do negócio de algumas ações que fazem parte do TECK11. Para entender isso vamos observar o desempenho passado dos índices e das ações.

Performance passada

O gráfico abaixo mostra qual teria sido o seu resultado se tivesse investido (em dólares) em um ETF que segue o índice NYSE FANG (linha branca) como o TECK11, um ETF que segue o S&P500 (linha laranja), um ETF de tecnologia como o QQQ (linha amarela), que possui 100 ações de tecnologias da bolsa Nasdaq e um ETF como o EWZ (linha azul) que é equivalente ao índice Bovespa dolarizado (é através dele que os estrangeiros mais investem no Brasil). O gráfico é de novembro de 2017 (ano de criação do índice) e o momento em que escrevo esse artigo em 29/04/2021. Veja que as ações do índice NYSE FANG apresentaram desempenho muito superior.

Logo abaixo temos o mesmo gráfico começando no dia 23/03/2020 quando as bolsas do mundo iniciaram seu processo de recuperação após a grande queda ocorrida quando a pandemia foi declarada.

É claro que resultados passados não garantem resultados futuros. Não sabemos ainda como as ações das empresas de tecnologia vão se comportar depois da forte alta no decorrer da crise em que as pessoas foram obrigadas a ficar em casa. Veja agora o desempenho em dólares das ações que fazem parte do índice NYSE FANG e que estão no TECK11.

Veja que a Tesla, Twitter e Nvidia foram as ações que superaram o desempenho do índice (linha branca). Os piores desempenhos foram do Netflix e as chinesas Alibaba (BABA é dona do site Aliexpress) e a empresa Baidu (BIDU) que é dona do site de busca mais usado na China.

Como as empresas fazem dinheiro?

Aqui temos um infográfico (fonte) que nos ajuda a entender como algumas dessas empresas de tecnologia do TECK11 fazem dinheiro. Vou comentar no final do infográfico. Somente a Microsoft não faz parte do índice. Você pode ver o gráfico maior clicando aqui.

Amazon – Metade das receitas de US$ 281 bilhões (2019) da Amazon se originou das vendas de produtos físicos e digitais nos sites amazon.com de diversos países. São 69% das vendas online nos EUA, 6% no Reino Unido, 8% na Alemanha, 6% no Japão e 11% no restante do mundo. Em 2020 as receitas da Amazon foram de US$ 386 bilhões. Para que você entenda o que isso significa, tudo que todas as empresas brasileiras exportaram em 2020 somou US$ 209,92 bilhões. Eles também alugam estrutura como servidores para diversas aplicações no produto “Amazon Web Services” (computação na nuvem). A empresa também possui um serviço chamado Amazon Prime que é concorrente do Netflix (veja aqui) e permite fazer compras no site sem pagar frete.

Apple – A maior parte da receita depende da venda do iPhone (54,7%). As vendas de músicas e vídeos representam 17,8%. A empresa também gera receitas vendendo computadores (9,9%) e tablets (8,2%).

Alphabet (Google) – Sua principal fonte de receita (70%) é a publicidade que exibe nas páginas de buscas, vídeos no Youtube, aplicativos de celular etc. Eles também geram receitas (13,3%) exibindo anúncios em outros sites através do Google Adsense.

Microsoft – Essa ação não faz parte do TECK11, mas a Microsoft é uma das grandes empresas de tecnologia dos EUA que opera em todos os países do mundo. Gera receitas através de licenças de softwares como o Windows (16,2%), Office (25,2%) e jogos (9,1%). Eles oferecem os serviços de computação na nuvem (25,9%) e uma série de outros serviços online.

Facebook – Geram receitas vendendo espaços para anúncios em sites como Facebook e Instagram (98,5%).

Conclusão

O TECK11 é mais uma opção de investimento para quem deseja se expor a ativos dolarizados. É uma forma cômoda de montar uma carteira que apresentará o desempenho de 10 ações de tecnologia através da compra de um único investimento.

Este artigo não é uma recomendação de investimento. O meu objetivo é motivar você a estudar os investimentos para que possa tomar suas decisões sem depender de recomendações.

Receba um aviso por e-mail sempre que novos artigos forem publicados aqui Clube dos Poupadores. Inscreva seu e-mail aqui.

Livros do Clube dos Poupadores

Aprenda a investir o seu próprio dinheiro e nunca mais dependa das recomendações, opiniões e influências de terceiros. Torne-se um investidor (investidora) livre, consciente e independente. Adquira e baixe os livros agora mesmo:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior