Neste artigo vou ensinar como você pode simular quanto você teria hoje se tivesse comprado ações no final de todos os meses nos últimos anos.

No próximo artigo vou mostrar quanto você teria se tivesse comprado somente nos meses em que a bolsa teve fechamento negativo. Será que existe diferença entre comprar todos os meses e comprar somente com a bolsa em queda?

Para representar o investimento em ações vamos adotar o BOVA11 que é o ETF mais negociado na bolsa. Ele equivale a investir em uma carteira com mais de 90 ações que compõem o Índice Bovespa.

Vamos simular esse investimento utilizando o período entre janeiro de 2016 e agosto de 2021. Esta é a atual tendência primária de alta da bolsa brasileira iniciada no ano do impeachment. Vale destacar que a estratégia de comprar e acumular ativos de renda variável todos os meses faz mais sentido quando este ativo está em tendência primária de alta, ou seja, fazendo preços máximos e mínimos ascendentes em períodos mensais ou mesmo semanais.

No gráfico abaixo temos a tendência primária de alta do BOVA11 que é equivalente ao Índice Bovespa. Cada barra representa a variação do preço do BOVA11 em 1 mês. Barras vermelhas representam meses em que o preço do BOVA11 terminou o mês em queda e barras verdes representam meses com preço em alta. As linhas acima e abaixo de cada barra representa recuos ou pontos máximos e mínimos que o preço atingiu e depois recuou. É possível ampliar clicando na imagem.

Utilizando uma planilha você poderá seguir os seguintes passos:

Primeiro, em uma planilha, listei o preço de fechamento mensal do BOVA11 desde janeiro de 2016 (coluna preço) na imagem abaixo. Depois calculei qual teria sido meu investimento comprando 100 cotas do BOVA11 (coluna investimento) pelo preço de fechamento do mês. Depois fui somando esses investimentos mensais na coluna “Investimento Total”. Na coluna “Total de ETFs” somei a quantidade de ETFs que estava acumulando mensalmente. Por fim, na coluna “Patrimônio Total” multipliquei a quantidade de ETFs acumulados até o momento pelo preço de fechamento do ETF naquele mês para saber qual era o total do meu patrimônio a cada mês.

Depois preparei um gráfico com duas linhas. A linha azul mostra a evolução do total de dinheiro que gastei comprando 100 ETFs BOVA11 todos os meses. A linha laranja é a evolução do meu patrimônio em ETFs que é o total de ETFs que acumulei em cada mês multiplicado pelo preço do ETF em cada mês.

No final de todos os meses foram feitas 68 compras de 100 ETFs BOVA11 por compra pelo preço de fechamento de cada mês. No total compramos 6.800 ETFs na simulação já que foram 68 meses e 68 compras de 100 ETFs (68 x 100 = 6800). O total investido nessas compras mensais pode ser acompanhado na linha azul do gráfico acima até atingir R$ 559.912,00 investidos. Se a simulação fosse feita comprando 10 ETFs por mês esse total seria 10 vezes menos ou R$ 55.991,20. Dividindo a quantidade de ETFs que temos e o total gasto nas compras temos o preço médio por ETF comprado de R$ 82,34 (R$ 559.912 / 6800 ETFs = R$ 82,34 por ETF). A linha laranja representa a evolução do nosso patrimônio em ETFs ou o valor de todos os ETFs que foram comprados até o momento.

No final dos 68 meses os 6.800 ETFs estavam valendo R$ 775.744,00. Deduzindo deste valor o nosso investimento de R$ 559.912,00 tivemos um ganho de R$ R$ 215.832,00 (775744 – 559.912 = 215.832). Isso representou um ganho de 38,55% sobre o valor investido (215.832 / 559.912 = 0,3855 x 100 = 38,55).  Se você transformar 38,55% acumulado em 68 meses em uma taxa mensal equivalente verá que o seu retorno no período foi equivalente a 0,48% ao mês (0,4807%). Se transformar em uma taxa anual ela será de 5,92% ao ano. Com você pode verificar, não parecem retornos muito animadores. Mas…

Mas e se… você só tivesse comprado BOVA11 somente nos meses que ele fechou negativo? O resultado seria diferente?

Aguarde o próximo artigo para se surpreender. Vou fornecer a planilha no próximo artigo.

Por fim é importante destacar que este é um artigo com finalidade educativa. Não se trata de uma recomendação de investimentos. O ETF citado serviu apenas para ilustrar o exemplo que pode ser repetido usando outros ativos ou uma carteira de ativos. Para aprender mais sobre investimentos recomendo a leitura dos meus livros. Conheça o meu último livro sobre montagem e simulações de carteiras de ativos.

Receba um aviso por e-mail sempre que novos artigos forem publicados aqui Clube dos Poupadores. Inscreva seu e-mail aqui.
Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior

Esse artigo foi útil?