Se você é um investidor precisa de fontes confiáveis de notícias.

Somente depois da popularização da Internet se tornou possível verificar as informações na fonte com facilidade, sem a influência das opiniões de quem escreve as notícias e principalmente de quem paga o salário de quem escreve a notícia.

A internet nos permite verificar que existem meias verdades por toda parte. Isso me faz lembrar um ditado que diz: “Uma meia verdade é sempre uma mentira inteira”.

O problema é que diante de uma notícia positiva sobre a economia, que pode impactar os seus investimentos, o veículo de imprensa que é contra o atual governo de um país tenderá a omitir a informação, distorcer ou ser parcial. Já diante de uma notícia negativa sobre a economia, que pode impactar os seus investimentos, o veículo de imprensa que é favorável ao governo tenderá a omitir a informação, distorcer ou ser parcial.

Isso força o investidor a buscar as informações na sua origem.

As notícias sobre a economia geralmente são baseadas em dados que podem ser lidos com facilidade através de gráficos. Aqui mesmo no Clube dos Poupadores você já deve ter observado que venho me esforçando para reunir informações importantes na forma de gráficos usando dados direto da fonte. Observe as opções que temos no menu horizontal superior do site.

Além de acessar dados direto da fonte você pode acompanhar um jornal que tende a apoiar o governo e outro que que tende a não apoiar o governo. Assim você terá condições e acessar os dois lados, mas você terá que se esforçar e ter bom senso.

Infelizmente, no Brasil, os jornais não declaram abertamente se possuem algum viés político. Nos EUA isso é mais comum.

Recentemente fizeram uma pesquisa nos EUA perguntando para eleitores democratas e republicanos quais são os veículos da imprensa que eles mais confiam e menos confiam.

Vale destacar que que nos EUA os democratas são mais alinhados à esquerda e os republicanos são mais alinhados à direita. A cor azul está relacionada aos democratas (esquerda) e a cor vermelha aos republicanos (direita). O gráfico mostra o resultado da pesquisa. Vou explicar.

O primeiro da lista é um canal de previsões do tempo, ou seja, não transmite notícias relacionadas com economia, investimentos, política etc. A cor violeta representa a população americana (independentemente de partido).

Podemos ver que o canal The Weather Channel (previsão do tempo) é o mais confiável entre todos os americanos. É um canal que não fala de política, economia e investimentos. Mesmo assim existem muitos exemplos na internet mostrando que até esses canais merecem desconfiança.


Clique no vídeo acima para assistir. Veja os dois jovens que vão aparecer no topo da imagem caminhando tranquilamente enquanto o apresentador se esforça para dramatizar a situação. Isso que ele fez com relação ao tempo muitos estão fazendo todos os dias com relação a economia, política e questões relacionadas com os seus investimentos. Existe sempre muito exagero e muito drama por toda parte. É através dessas distorções que muitos veículos aumentam suas receitas atraindo audiência.

No gráfico fica evidente que democratas (azul) exageram na confiança por tudo que a imprensa diz. Eles estão bem acima da média da população (ponto violeta). Já os republicanos confiam menos nas notícias.

Vamos ver alguns exemplos:

PBS é uma emissora sem fins lucrativos (ONG) financiada por doações de empresas e pelo governo. Tem foco educativo e não exibe comerciais. Para quem é democrata (esquerda) esse canal e a CNN são os mais confiáveis.

Logo abaixo temos a The BBC também é um canal público, só que do Reino Unido.

Fox News é o canal mais confiável para republicanos. O menos confiável para republicanos é o MSNBC. A Microsoft está por trás deste veículo. Se você encontrar notícias no seu Windows ou no navegador da Microsoft chamado Edge, essas notícias são da MSNBC.

O mais equilibrado entre republicanos e democratas parece ser o The Wall Street Journal. É um jornal específico sobre economia. O seu fundador foi Charles Henry Dow. Ele desenvolveu uma série de princípios para entender e analisar o comportamento dos mercados na qual posteriormente se tornou conhecida como a Teoria de Dow que faz uso de gráficos de preços. Charles Dow é considerado um dos pais da Análise Técnica ou Análise Gráfica. Ele também desenvolveu o Índice Dow Jones.

No Brasil não é diferente. Vários bancos e corretoras são donos ou sócios de canais de notícias. Existem grupos empresariais envolvidos com políticos que controlam canais de TV e de rádio. Todos querem defender seus próprios interesses.

Não é difícil utilizar o próprio Google para descobrir quem são os proprietários dos jornais, revistas e canais de TV que você mais utiliza para se informar. Eu recomendo que você faça isso já que a informação é fundamental para tomar decisões e você precisa saber quais são os interesses das pessoas que produzem as informações que você consome.

Eu recomento que você não confie sem 100% nas informações que você consome sobre investimentos e economia, principalmente quando partem de grupos que possuem os seus próprios interesses econômicos e/ou políticos. Você não ganha nada com isso. Sempre deixe um espaço para a desconfiança. Aprenda a buscar as informações sobre investimentos e economia nas fontes.

Sempre que possível tente apoiar o trabalho que pequenos produtores de conteúdo. Existem conhecimentos que os grandes não propagam por serem contra os interesses dos seus negócios.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior