Vamos entender as motivações para o conflito eminente entre a Rússia e países do leste europeu como a Ucrânia e o impacto desse tipo de conflito nos investimentos.

Uma área do conhecimento muito importante para entender eventos como crises econômicas, conflitos e guerras que afetam os seus investimentos é a Geopolítica.

Geopolítica é um ramo de estudo da Geografia que busca interpretar os fatos atuais e o desenvolvimento dos países, através das relações e estratégias entre o poder político e os espaços geográficos destas nações.

Entender os conflitos entre a Rússia e o ocidente exige uma “viagem” para o passado. Você precisa entender as motivações mais profundas e não apenas os eventos de curto prazo, muitas vezes apresentados de forma superficial e sensacionalista pela imprensa para atrair audiência.

Vou compartilhar dois vídeos que talvez estejam entre os mais didáticos que encontrei recentemente sobre o tema.

O primeiro vídeo vai responder as seguintes questões:

  • 00:00 Introdução sobre a Rússia
  • 03:52 Por que a Ucrânia é tão importante?
  • 24:17 Laços históricos entre Rússia e Ucrânia
  • 36:21 História recente do conflito
  • 42:10 Objetivos de Putin
  • 52:20 Possíveis táticas de invasão

É importante destacar que parte significativa da população da Ucrânia gostaria que o país tivesse um maior alinhamento com a Europa, EUA e demais países do ocidente. Outra parte da população gostaria de manter um alinhamento maior com a Rússia e seus parceiros (exemplo: China).

Aqui mesmo na América Latina e no Brasil temos grupos que buscam um maior alinhamento do Brasil com países como China, Rússia, Venezuela e Cuba enquanto outros grupos acreditam que o melhor seria um maior alinhamento do nosso país com EUA, países da Europa e outros desenvolvidos.

O próximo vídeo complementa o anterior já que fala sobre a geografia da região que nos ajuda a entender que os russos sempre tiveram que lidar com problemas que explicam o atual comportamento do país. O vídeo também fala sobre a temida teoria de Halford Mackinder que poderia levar a Rússia a dominar todos os países do mundo (no futuro) devido a importância do território ocupado por eles. Essa percepção certamente motiva todo o conflito entre os países ocidentais e a Rússia.

Infelizmente a história nos mostra que existe uma relação entre crises econômicas mundiais e as guerras. Queda na atividade econômica, inflação e desemprego gerado pelo populismo dos políticos resulta em crises políticas internas. Para desviar o foco dos problemas internos os políticos criam inimigos externos e iniciam conflitos militares com seus vizinhos gerando apoio popular.

É difícil prever as consequências de uma possível guerra entra a Rússia e a Ucrânia se os EUA e a Europa (OTAN) entrarem no conflito. A última vez que grandes potências militares se envolveram em uma guerra foi na segunda guerra mundial. Agora as partes envolvidas possuem armas nucleares.

Com base nos “rumores de guerra” podemos observar como os ativos estão se comportando no Brasil e no mundo.

Aqui no Clube dos Poupadores temos um gráfico com o desempenho de 11 setores da economia nos últimos 12 meses (veja o gráfico atualizado aqui)

Cada linha acima representa um ETF (fundo negociado em bolsa) composto por centenas de ações de empresas americanas de um mesmo setor da economia. Vou mostrar mais na frente que isso tem relação com o desempenho da bolsa brasileira.

O XLE,  que se destaca no gráfico com alta de 64,84% nos últimos 12 meses, é um ETF que investe em ações de empresas do setor de petróleo, gás e outros combustíveis. Exemplos: Exxon Mobil e Chevron.

O segundo melhor desempenho foi do ETF de código XLF que investe em ações de empresas do setor financeiro como bancos. Exemplo: Berkshire Hathaway (empresa de Warren Buffett) , JPMorgan, Bank of America, Morgan etc.

A tabela abaixo mostra o desempenho no ano e nos últimos 12 meses (365 dias) nos diversos setores da bolsa brasileira.

Veja que também tivemos um bom desempenho para as empresas do setor de petróleo e setor financeiro. Também se destaca o setor de materiais básicos com alta de 7,59% no ano e 19,05% nos últimos 12 meses. O ETF que representa esse setor de materiais básicos na bolsa americana é o XLB com alta de 16,34%.

A Rússia é um grande produtor e exportador de commodities como petróleo, gás, minério, metais e outros materiais básicos. Eventos que possam prejudicar a economia e as exportações da Rússia (guerras e sanções econômicas) podem produzir alta nos preços desses produtos e por consequência temos alta nos preços das ações das empresas que lucram com essa alta.

Conflitos também podem elevar a demanda por produtos básicos no mundo. As exportações brasileiras se beneficiam quando a demanda e os preços das commodities e materiais básicos estão em alta.

Não podemos esquecer que o Brasil é um grande exportador de alimentos e minério. Esses setores são grandes fontes de recursos (dólares) para o país. O aumento das exportações e a entrada de dólares no país ajuda a valorizar o real (torna o dólar mais barato em reais).

O gráfico cima mostra que o preço do dólar em reais caiu nos últimos meses, ou seja, o real foi a moeda com melhor desempenho no período acima. Você pode acessar esse gráfico de comparação das moedas, sempre atualizado, visitando aqui.

Por fim, muitas vezes você verá uma relação entre o desempenho dos setores da economia americana e o desempenho nos setores da economia brasileira, embora não seja uma regra.

Se você tem conta no GuiaInvest é possível acessar essa ferramenta de Indicadores Setoriais que mostrei anteriormente entrando na sua conta e seguindo os passos abaixo. Se você não tem uma conta, o “GI PRO – Plano Light” é suficiente para acessar esta e outras ferramentas como ensino no meu livro sobre análise fundamentalista de ações. Veja como se inscrever aqui. Consulte se tem alguma promoção atualmente aqui.

Pretendo escrever novos artigos sobre como investir em determinados setores em tempos de crise e conflitos.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior