Existem muitos mitos ou preconceitos sobre o estilo de vida dos milionários. Esses preconceitos só servem para que você se afaste da ideia de se tornar um(a) milionário(a) no longo prazo.

Vou apresentar aqui alguns mitos sobre os milionários com base em um bom livro sobre o assunto que é o O Milionário Mora ao Lado de Thomas Stanley.

Os milionários são os grandes empresários. Embora seja mais fácil se tornar milionário quando você é dono de uma empresa,  já que sua renda não tem limites como a renda de um assalariado, existem muitos assalariados que se tornam milionários no longo prazo quando adquirem o hábito de poupar e os conhecimentos necessários para investir parte do que ganham. Muitas pessoas acumulam mais de R$ 1 milhão trabalhando em empresas dentro de setores que remuneram bem. Muitos milionários são profissionais autônomos como médicos, dentistas, advogados e contadores de diversas áreas. Muitos milionários são donos de pequenos comércios e empresas que prestam serviços.

Aqui mesmo no Clube dos Poupadores existem muitos leitores que acumularam grandes patrimônios sendo funcionários de boas empresas, profissionais liberais/autônomos, pequenos donos de negócios e servidores públicos que se esforçaram e passaram em bons concursos. Ganhar bem ajuda, mas não é o que determina a sua capacidade de acumular patrimônio. Você certamente conhece pessoas que ganham bem e vivem reclamando de dificuldades financeiras.

Aqui está uma tabela que encontrei com os melhores cargos e salários por setores em 2022. É bem fácil encontrar essas tabelas nos sites de busca.

 

As pessoas ganham mais quando estudam algo que torna o seu tempo trabalhado valioso.  Normalmente se você ganha pouco isso é uma consequência do pouco valor daquilo que você sabe fazer com o seu tempo. Também é possível que você ainda não tenha encontrado uma empresa que valoriza bons profissionais (é você que precisa procurar). Somente você pode se esforçar para desenvolver novas habilidades e adquirir conhecimentos valiosos. Encare a sua profissão como sendo o seu negócio. Não pare de investir no seu negócio e se esforce para divulgar os seus conhecimentos e as suas habilidades (a internet serve para isso).

Enquanto você for ganhando mais, à medida que ganha experiência, conhecimentos e valoriza o seu trabalho, é importante poupar e investir uma parte deste ganho. Se você aumentar sua renda e automaticamente aumentar o seu custo de vida não terá recursos para formar patrimônio. É isso que fará você se tornar menos dependente do salário. São seus investimentos que produzem a sua independência financeira.

Se nos últimos 15 anos você tivesse sido capaz de investir R$ 2.000,00 por mês com retorno de 1% ao mês (tendo como base uma carteira diversificada de investimentos) você teria o seu R$ 1 milhão, como pode ser visto nessa simulação abaixo. Existem profissionais liberais e pequenos empresários que conseguem poupar e investir muito mais que isso todos os meses. O problema da carteira assinada é o salário fixo limitado.

Simulador de Juros Compostos

O gráfico acima é do nosso simulador de juros compostos. Veja que os juros foram responsáveis pela maior parte da formação do patrimônio. Use o simulador do primeiro 1 milhão para aprender sobre o impacto do valor que você junta mensalmente, taxa de juros e tempo na formação do seu milhão. Experimente também o simulador de independência financeira. Se você não tem um plano de independência financeira e está começando, leia esse livro primeiro e depois leia os outros que temos aqui.

A maioria dos milionários são herdeiros. Uma pesquisa feita nos EUA mostrou que 88% dos milionários construíram seu patrimônio através do próprio esforço. É um percentual surpreendente se você considerar que estamos falando de um país rico onde existem mais condições para que os familiares acumulem recursos para seus filhos. Nos EUA, apenas 12% herdaram dinheiro significativo (pelo menos 10% de sua riqueza). Eu imagino que no Brasil o percentual de milionários herdeiros seja bem menor. O que mais temos nas biografias das pessoas que atingem o sucesso financeiro são histórias de superação. Geralmente eram pessoas pobres e de classe média que hoje possuem uma condição de vida melhor do que tinham na infância.

Os milionários contaram com a sorte. A maioria dos milionários não fizeram sua fortuna ganhando na loteria. O livro de Thomas Stanley nos mostra que os milionários desenvolvem a capacidade de examinar as oportunidades e os riscos. Estudam, testam suas ideias e depois investem tempo e dinheiro para atingir seus objetivos. Podem ser oportunidades em novos empregos, oportunidades de negócio, ideias de investimento etc. São pessoas que se arriscam no sentido de que sempre estão tentando algo novo. Quem é dono de um pequeno negócio ou profissional liberal entende o que isso significa. Os profissionais que crescem dentro das empresas geralmente são os que aceitam os desafios e não os que ficam acomodados.

Milionários vivem uma vida luxuosa. A maioria dos milionários admite que tem uma vida frugal (frugalidade = simplicidade, sobriedade de costumes e de hábitos). Por experiência própria, vejo mais pessoas cheias de dívidas e sem dinheiro fazendo enorme esforço para parecerem aquilo que não são (milionárias). Já as pessoas que realmente acumulam um bom patrimônio (principalmente quando já são mais velhas) possuem uma vida simples por escolha. Gostam de boas coisas, mas sem exibicionismo. Não vivem em grandes mansões ou dirigem carros de luxo para atrair os olhares dos outros. Muitos milionários vivem em casas modestas que podem pagar confortavelmente (sem dívidas e sofrimentos). Não costumam trocar de carro com frequência e nem fazem dívidas para andar com carro novo.

A foto acima é muito conhecida. Ela mostra Mark Zuckerberg (dono do Facebook, Instagram, Whatsapp etc.) quando tinha um patrimônio de US$ 75 mil milhões de dólares (mais de R$ 385 milhões). O seu carro era um velho Honda Fit. Que inclusive esse modelo é um excelente carro para quem quer comprar um veículo usado.

A foto abaixo é do bilionário mais conhecido do mundo. Warren Buffett ainda vive em Omaha, Nebraska, na casa que ele comprou em 1958 por US $ 31.500. Sua casa hoje vale quase US$ 300 mil. É um percentual insignificante para o patrimônio de US$ 115 bilhões que ele acumulou. Na vida da maioria das pessoas que se esforçam para parecerem ricas, a casa onde moram não está quitada ou quando está representa grande parte do patrimônio familiar.

Se você fosse uma das pessoas mais ricos do mundo e tivesse o patrimônio de Warren Buffet de R$ 115 bilhões (mais de meio trilhão de reais), você moraria em uma casa como essa? Nem eu.

Os milionários foram os mais inteligentes da escola. Muitas vezes as pessoas justificam sua situação financeira por não se considerarem inteligentes, por não terem tirado boas notas na escola ou na faculdade. Existe a ideia de que os ricos possuem inteligência acima da média. A maioria dos milionários foi para a faculdade, mas geralmente eles não foram bons alunos na escola e na faculdade. As instituições de ensino recompensam as pessoas que seguem regras, fórmulas, padrões e decoram determinadas informações que são cobradas nas provas. Você não é recompensado na escola por ser comunicativo, criativo, por inovar, por correr riscos, pensar de forma diferente, questionar etc. Bons alunos geralmente se tornam bons empregados. Mas as pessoas que dirigem as empresas (gerentes, diretores e os donos das empresas) costumam ser aqueles que pensam fora da caixa, são inovadores, criativos ou desenvolvem a capacidade de comunicação e liderança.

Os milionários são ladrões. Os criminosos que se tornam milionários geralmente recebem mais destaque na imprensa que as pessoas honestas que se tornam milionárias. Para que uma pessoa honesta tenha o seu negócio ou o seu trabalho destacado na imprensa é necessário comprar espaço publicitário. Já os criminosos milionários possuem o seu trabalho divulgado gratuitamente quando são investigados. Isso faz você acreditar que muitos milionários são desonestos.

Também existem pessoas que tentam propagar preconceitos contra todos que formam patrimônio às custas de trabalho duro, poupança e investimentos. Talvez por este motivo muitos milionários optem por uma vida simples, sem chamar muita atenção. Não é do interesse de muitos que as pessoas prosperem financeiramente. Pessoas com uma vida financeira limitada são mais fáceis de manipular, convencer e controlar. Elas são mais dependentes. É na relação de dependência que muitos querem exercer o poder sobre os povos.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior