A mente humana está sempre buscando identificar padrões. De fato, observando o passado, temos a impressão de que a história sempre se repete e que existem padrões.

Imagem que circula nas redes sociais que comprova a busca humana por identificar padrões.

No dia 28 de julho de 1914, uma crise local acabou se transformando na Primeira Guerra Mundial. Nesta data o Império Austro-húngaro declarava guerra à Sérvia desencadeando um conflito que em breve se propagaria pela Europa e pelo resto do mundo ficando conhecido como a Grande Guerra.

Foram mais de 22 milhões de mortos entre 1914 e 1918. Logo depois ocorreu uma pandemia de grandes proporções (Gripe Espanhola). Mais de 100 anos após o início da Primeira Guerra Mundial, os eventos, as batalhas, as faces da guerra ainda fazem parte da identidade e da memória da Europa.

Assista ao documentário sobre a Primeira Guerra que marcou o fim de uma era. É possível que você encontre semelhanças com os conflitos que temos hoje.

O dia 1 de setembro de 1939, marca o início da Segunda Guerra Mundial como consequência do expansionismo de um partido político da Alemanha que chegou ao controle do país na década de 1930. O estopim para o conflito acontece na invasão da Polônia realizada pelos alemães, em setembro de 1939. Inicialmente a Alemanha pretendia anexar regiões de outros países onde existiam muitos alemães que estavam sofrendo por serem alemães. A Segunda Guerra Mundial ficou marcada pelos horrores do Holocausto e do lançamento das bombas atômicas. Talvez você encontre padrões que se repetem nos dias de hoje.

Ao observar os motivos que desencadearam grandes guerras e o comportamento dos políticos daquele tempo, entendemos que a liberdade das pessoas não pode ser tomada por garantida. Infelizmente, pelo que tudo indica, nunca existiu qualquer garantia de liberdade.

O apoio da sociedade, mesmo que por um breve momento, à políticos e partidos que flertam com restrições à liberdade das pessoas, geralmente produz crises econômicas, conflitos e guerras.

As liberdades que me refiro podem ser divididas em quatro grandes grupos:

  • a liberdade da pessoa física (liberdades de locomoção, de circulação);
  • a liberdade de pensamento (opinião, religião, informação, artística, comunicação); liberdade de expressão coletiva (reunião, associação);
  • e liberdade de conteúdo econômico e social (livre iniciativa, autonomia contratual e liberdade de ensino e trabalho).

Políticos, com apoio de parte da sociedade, sempre criam desculpas para limitar ou acabar com algum tipo de liberdade. Veja no mapa do índice de liberdade econômica. Quanto mais laranja e vermelho menos liberdade. Temos ainda o mapa com os regimes políticos adotados pelos países no decorrer da história.

No dia 24 de fevereiro de 2022 a Rússia iniciou uma invasão militar em larga escala contra a Ucrânia, um de seus países vizinhos a sudoeste, marcando uma escalada acentuada para um conflito que começou em 2014 (invasão da Crimeia). Vários analistas geopolíticos chamaram a invasão de a maior invasão militar na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

O vídeo acima mostra António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, na noite de quarta-feira (23/02/2022) em um momento histórico dizendo: “Nas circunstâncias atuais, devo alterar o meu apelo: Presidente Putin, em nome da humanidade, traga suas tropas de volta à Rússia. Em nome da humanidade, não permita começar na Europa o que pode se tornar a pior guerra desde o início do século.”

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior