Você vai aprender neste artigo como investir em petróleo de forma muito simples e objetiva.

O petróleo é um commodity, ou seja, um recurso extraído da natureza em larga escala. Ele tem características físicas homogêneas assim como o minério de ferro, ouro e alimentos como soja, café etc. Com isso o preço do petróleo é determinado pela oferta e demanda por meio negociações que ocorrem nas bolsas de valores.

O petróleo é uma das commodities mais importantes e demandadas do mundo e potencialmente tem apelo como hedge (segurança) contra a inflação.

Você pode investir em petróleo de forma direta adquirindo ativos de renda variável que sofrem a mesma variação do preço do barril de petróleo e de forma indireta investindo nas ações de empresas que exploram o petróleo.

Cotação do Petróleo

Os dois tipos de petróleo mais importantes negociados na bolsa é o petróleo WTI e o petróleo BRENT. O petróleo WTI geralmente está relacionado ao petróleo mais pesado extraído do solo dos EUA. O petróleo BRENT é um petróleo mais leve, geralmente extraído em plataformas no mar. A Petrobras utiliza a cotação do petróleo BRENT, assim como ocorre na Europa e Ásia.

Você pode acompanhar o preço do barril de petróleo WTI em dólares neste gráfico aqui.

Você pode acompanhar o preço do barril do BRENT visitando aqui. Esses gráficos são atualizados a cada segundo quando o mercado está aberto.

Agora vamos entender como investir nesses dois tipos de petróleo através de uma conta em corretora.

Investimento direto no Petróleo (exterior)

A forma mais fácil de investir de forma direta no petróleo é através de ETFs que são cotas de fundos negociados na bolsa como se fossem ações.

  • ETF USO: Através da conta que você possui em uma corretora no exterior é possível investir no ETF mais negociado neste seguimento que é o USO (United States Oil Fund LP). Ele está estruturado como um pool de commodities que investe em contrato futuro de petróleo bruto WTI negociado em New York Mercantile Exchange (NYMEX). Veja o gráfico de preços do USO em dólares e mais informações aqui.
  • ETF BNO:  Outro ETF muito utilizado por investidores de todos os países que operam através de uma corretora no exterior é o BNO. O ETF BNO, assim como o USO, investe em contratos futuros de petróleo, mas no caso do BNO o petróleo é do tipo BRENT na bolsa “ICE Futures Exchange”. O petróleo Brent costuma ser negociado com preço ligeiramente diferente do petróleo WTI. Veja o gráfico de preços do BNO em dólares e mais informações aqui.

Tendo um conta no exterior é possível operar ETFs que investem nas principais commodities do mundo como as de combustíveis, minérios e alimentos. Conheça este livro aqui.

Investimento indireto por BDR de ETF (Brasil)

No Brasil podemos investir indiretamente em empresas estrangeiras que exploram o petróleo através de um BDR.

Investir em petróleo indiretamente por BDR de empresas (Brasil)

Você pode investir em BDRs na bolsa brasileira que equivalem a ações de diversas empresas do setor Petróleo e Energia (combustíveis e outras fontes de energia). Clique no código do BDR na tabela abaixo para ver os gráficos de preços em reais ou clique no código da ação para o gráfico do preço da ação negociada no exterior (dólares). Se você tem conta em corretora no exterior pode investir diretamente nas ações. Temos um artigo sobre abertura de conta no exterior.

Setor de Petróleo

Você pode acessar o guia de ETFs e BDRs de ETFs listados na bolsa visitando aqui.

Setor de Energia (combustíveis e outras fontes de energia)

Dentro do setor de energia podemos encontrar BDRs de ações de empresas de petróleo e outras fontes de energia:

Você pode acessar o guia completo de BDRs listadas na bolsa brasileira por setor visitando aqui.

Investir em petróleo indiretamente por Ações no Brasil

Algumas ações de empresas do setor de petróleo, gás e combustíveis. Clique em “gráfico” ou “fundamentos” para estudar as empresas.

Você pode acessar o guia completo de ações listadas na bolsa visitando aqui.

Influência no preço do petróleo:

O preço do petróleo, assim como ocorre com qualquer commodity é o resultado da oferta e demanda.

Diversos países controlam a demanda do petróleo como forma influenciar seu preço. Os maiores produtores de petróleo são: Estados Unidos (16%), Arábia Saudita (11%), Rússia (10%), Canadá (5%) e Iraque (4%).

Já os países que mais demandam petróleo no mundo são Estados Unidos (17%), China (14%), Índia (4%), Arábia Saudita (3%) e Japão (3%).

Eventos políticos, econômicos, naturais ou qualquer outro que atinja esses países pode atingir a demanda e oferta de petróleo.

Os maiores produtores de petróleo do mundo formam um cartel chamado OPEP com o objetivo declarado de interferir no preço do barril de petróleo.

Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) possui hoje 13 membros. Sendo eles:

  • Angola;
  • Arábia Saudita;
  • Argélia;
  • Congo;
  • Emirados Árabes;
  • Gabão;
  • Guiné;
  • Irã;
  • Iraque;
  • Kuwait;
  • Líbia;
  • Nigéria;
  • Venezuela.

Juntos esses países são responsáveis pela produção de 40% do petróleo mundial e 60% de toda a exportação de petróleo. Juntos eles também controlam mais de 78% das reservas mundiais de petróleo. Sempre que é conveniente esses países reduzem a produção do petróleo com o objetivo de reduzir a oferta e aumentar o preço do petróleo.

Dessa forma, investir em petróleo ou em empresas que produzem, exportam ou processam petróleo equivale a investir em um mercado que é oficialmente manipulado. Isso torna o setor mais apropriado para operações especulativas de prazo mais curto.

A História do Petróleo

Aqui temos um documentário que apresenta o início da exploração do petróleo, sua relação com a revolução industrial, segunda guerra mundial, conflitos, revoluções, crises, crimes, avanços e retrocessos na história de praticamente todos os países do mundo.

Os principais eventos históricos no último século estão relacionados de forma direta ou indireta com o petróleo. No Brasil, o maior esquema de corrupção já visto na história do país envolveu partidos políticos e a principal empresa de petróleo brasileira.  Você verá que o mundo que você conhece e a vida que você tem hoje não seria a mesma sem todas as transformações geradas pelo petróleo.

Segunda Parte:
Terceira Parte:

Aprenda a investir no Exterior

Esta é a sua porta de entrada para o mercado financeiro global. Tudo em um único livro: aprenda a investir em açõesfundos imobiliários (REITs) e ETFs de renda fixa, variável, de moedas e commodities. Aprenda a abrir uma conta no exterior, enviar recursos para investir e recolher impostos sobre os ganhos. Receba dividendos e ganhos em moeda forte (dólares) enquanto mantem parte do seu patrimônio protegido dos problemas políticos e econômicos do Brasil.

Receba atualizações semanais sobre novos artigos publicados: Inscreva seu e-mail aqui.

Apoie o Clube dos Poupadores investindo na sua educação financeira. Clique sobre os livros para conhecer e adquirir:

Clique para conhecer o livro Independência Financeira
Clique para conhecer o livro Como Investir em CDB, LCI e LCA
Clique para conhecer o livro Como Investir na Bolsa por Análise Fundamentalista
Clique para conhecer o livro sobre Carteiras de Investimentos
Clique para conhecer o livro Como Investir em Títulos Públicos
Clique para conhecer o livro sobre Como Investir na Bolsa por Análise Técnica
Clique para conhecer o livro Como Investir em ETF
Clique para conhecer o Livro Como Investir no Exterior